HOME  HOME  ExpoBrazil - Agaricus, herbs, propolis for health and beauty.  Nikkeybrasil Quem Somos Biografias Indice de Biografias Forum Fotos de Biografias Links Contato  em japones




Grupo de parlamentares brasileiros visita o Japão

Deputados Paes Landim (PFL/PI), Paulo Kobayashi (PSDB/SP) e Paulo Delgado (PT/MG), durante a coletiva
Deputados Paes Landim (PFL/PI), Paulo Kobayashi (PSDB/SP) e Paulo Delgado (PT/MG), durante a coletiva
Um grupo de paralmentares brasileiros, formado pelos deputados Paulo Kobayashi (PSDB/SP), Paulo Delgado (PT/MG), Paes Landim (PFL/PI) e o vereador Hiroyuki Minami de São Bernardo do Campo (PSDB/SP) está oficialmente visitando o Japão, de 13 a 25 de janeiro. A diversidade partidária mostra o consenso que há envolvendo as questões de política internacional. "Estamos aqui juntos para provar que independentemente dos resultados das eleições as relações entre Brasil e Japão serão mantidas", enfatizou Kobayashi.
O deputado Paulo Kobayashi é uma das maiores lideranças nikkeis no Brasil e já esteve no Japão 4 vezes, mas esse é o primeiro convite oficial feito pelo Ministério das Relações Exteriores do Japão. Kobayashi é membro da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional e segundo ele, Japão e Brasil, embora já tenham experimentado um período de atividade comercial e econômica mais intensa, hoje buscam uma nova aproximação. "As conversas tem sido muito ricas e proveitosas do ponto de vista político", garantiu o Kobayashi. Segundo ele, o objetivo da viagem é de contactar os principais orgãos governamentais que possuem itercâmbios com o Brasil, além de visitar as regiões de maior conscentração de brasileiros que possuem uma forma de organização ou representação, como Nagoya ou Oizumi.
Na quinta 24, Kobayashi esteve com o prefeito de Oizumi, Hiroshi Hasegawa, visitou a escola Centro Nipo Brasileiro, passeou pelo Shopping Brazilian Plaza e conheceu também a unidade Ota do Colégio Pitágoras Brasil. Essa foi a primeira vez que o deputado teve oportunidade de entrar em contato com a comunidade brasileira. Acompanhado do vereador tucano Hiroyuki Minami e do empresário Walter Iihoshi do mesmo partido, ambos de São Bernardo do Campo, o deputado aproveitou a oportunidade para saber um pouco mais sobre a realidade dos brasileiros no arquipélago em plena crise de desemprego.
Durante o encontro com o prefeito de Oizumi, Kobayashi disse ter ouvido algumas queixas principalmente no que diz respeito ao choque cultural entre os moradores das duas nacionalidades que dividem a mesma cidade. Segundo ele, Hasegawa comentou, por exemplo, que os japoneses não aceitam o hábito brasileiro de fazer churrasco com freqüência e nem se acostumam com o alto volume que sai dos carros dos mais jovens. A separação do lixo foi outro problema apontado pelo prefeito de acordo com Kobayashi.
O deputado reconhece que muito pouco pode fazer em relação a esses problemas de choque cultural porque acredita que o assunto não será resolvido apenas com discussões. “Embora descendente de japoneses, o brasileiro encontra uma sociedade muito rígida”, comentou. “A rejeição enfrentada por alguns provoca nos jovens uma certa insubordinação”, acrescentou.
Kobayashi disse que pretende levar ao governo brasileiro informações que possam beneficiar de alguma maneira o cidadão que deixou o Brasil para morar no Japão, mas ressaltou que o governo não tem como interferir na vida daqueles que escolheram viver em outro país. “O que podemos fazer é levar informações aos Ministérios da Educação e Saúde e às Organizações Não Governamentais que tratam da reintegração dos dekasseguis para que possam dar suporte aos que sabidamente retornam”, observou. “Além disso, é necessário alertar os que ainda querem vir de que não é fácil viver aqui.”


Esta página foi visitada 804623 vezes! Copyright 2002-2003 40 Anos All rights reserved
Desenvolvido e mantido por AbraOn.