HOME  HOME  ExpoBrazil - Agaricus, herbs, propolis for health and beauty.  Nikkeybrasil Quem Somos Biografias Indice de Biografias Forum Fotos de Biografias Links Contato  em japones




Literatura Japonesa

Hayashi Fumiko: conheça uma das mais renomadas escritoras do Japão

A autora nasceu em Yamaguchi em 1904. Sua mãe deixou o marido e casou com um vendedor ambulante de tecidos 20 anos mais novo do que ela. Desde então, Fumiko viveu em pousadas baratas, sempre viajando com sua mãe e seu padrasto. Começou a trabalhar muito cedo, abandonando os estudos.
Depois de ser abandonada por um estudante com quem passou a morar em Tóquio quando tinha 18 anos, passou a trabalhar em cafés. Passou de cidade a cidade sempre trabalhando muito e com pouco rendimento. Uma de suas maiores preocupações era a de mandar dinheiro para sua mãe e seu padrasto.
Teve muitos relacionamentos mal sucedidos e acabou se casando com um jovem pintor em 1926.
Seu livro, Diário de uma Errante, é constituído de partes de seu diário que foi escrito entre 1922 e 1927. Foi primeiro publicado em série em 1928. Em 1930, foi transformado em livro e em novembro do mesmo ano, devido ao grande sucesso, foi publicada a segunda parte. A terceira parte foi lançada em 1949 depois da guerra, quando já havia mais liberdade de expressão.
Hayashi Fumiko esteve viajando não só pelo Japão, mas foi também para a Europa de terceira classe e para a China como correspondente no fronte durante a guerra.
Sua obra é importante porque ilustra bem o clima de depressão e insatisfação que tomou conta do país depois da guerra, embora tenha sido escrito antes disso. Ela é um importante exemplo do que ficou conhecido como arte proletária. Muito foi escrito também para o teatro, tentando despertar a consciência do proletariado. Diferente da maioria dos casos que eram escritos por intelectuais com o intuito específico de faze-lo, Hayashi Fumiko, que viveu as dificuldades de ser pobre, consegue dar uma noção não idealizada, mas realista da situação.
Além de seus diários, Hayashi Fumiko também escreveu muitas outras obras entre contos, artigos para revista, ensaios e poemas, além das histórias infantis com que ganhava algum dinheiro antes de ser reconhecida. Algumas de suas obras do período pós-guerra são: Suisen (Narciso) e Ukigumo (Nuvens flutuantes). Ela morreu em julho de 1951.


Esta página foi visitada 773627 vezes! Copyright 2002-2003 40 Anos All rights reserved
Desenvolvido e mantido por AbraOn.