HOME  HOME  ExpoBrazil - Agaricus, herbs, propolis for health and beauty.  Nikkeybrasil Quem Somos Biografias Indice de Biografias Forum Fotos de Biografias Links Contato  em japones




Conheça a chapinha das japonesas

O shukumou kyousei, como é chamado o processo de alisamento, existe no Japão há quase 10 anos. Segundo Makoto Aoyama, cabeleireiro japonês, no início o alisamento era caro e poucos salões dominavam o processo. O recondicionamento térmico custava entre 30 e 40 mil ienes. Atualmente, qualquer salão faz o alisamento e o preço também baixou. No Happiness, onde Aoyama é o gerente, o preço é de 8.900 ienes. Aoyama trabalha no mercado há 6 anos e contou um pouco sobre a origem da chapinha japonesa. "Os fabricantes dos produtos para cabelos e os cabeleireiros criaram o shukumou kyousei em conjunto", explicou. A novidade era o uso conjunto de produtos químicos com a chapa quente. "Acredito que para os cabelos encaracolados, que existem no Brasil, seja mesmo necessário fazer o processo completo", afirmou. No caso das japonesas, o objetivo não era de se livrar de cachos, mas sim do kuse, "manias" do cabelo. Embora o cabelo das japonesas seja liso, muitas têm uma ligeira ondulação, que é chamada de kuse, ao pé da letra, mania. A moda era ter o cabelo liso e escorrido. "Há dois anos o shukumo kyousei ganhou muito destaque nas revistas de moda, mas agora não basta deixar o cabelo escorrido", disse. Já existem novos produtos que alisam o cabelo, mas ao mesmo tempo dão um certo movimento. Segundo Aoyama, é preciso fazer a chapinha a cada 3 ou 4 meses e se o cabelo for tingido ou estiver enfraquecido, é preciso combinar o alisamento com um bom tratamento capilar.
Makoto Aoyama, gerente do Happiness
Makoto Aoyama, gerente do Happiness


Esta página foi visitada 818116 vezes! Copyright 2002-2003 40 Anos All rights reserved
Desenvolvido e mantido por AbraOn.